Governo já contratou 200 milhões de doses do imunizantes da Pfizer

Governo já contratou 200 milhões de doses do imunizantes da Pfizer
Carlos Osorio/Reuters – 3.6.2021

O Ministério da Saúde anunciou que mais 530 mil doses de vacinas da Pfizer contra a covid-19 chegaram ao Brasil nesta terça-feira (15). A carga pousou à noite no Aeroporto de Viracopos (SP), em Campinas, no interior de São Paulo. 

A entrega ocorre um dia depois de o presidente Jair Bolsonaro ter pedido à Pfizer a antecipação do envio de doses. Em conversa por videoconferência, o presidente da empresa na América Latina, Carlos Murillo, prometeu priorizar o Brasil.

O adiantamento pedido pelo presidente refere-se às 200 milhões de doses que já estão sob contrato com o governo federal e que o país receberá até o final do ano.

De acordo com o ministério, a previsão é que mais de 2,4 milhões de doses da fPfizer cheguem ao país ainda nesta semana.

Leia também: Vacina da Pfizer tem mais de 95% de eficácia, aponta estudo

Até agora, o Ministério da Saúde já enviou aos estados e ao Distrito Federal mais de 109 milhões de doses de vacinas – destas, 5,9 milhões foram da Pfizer.

CanSino

Também nesta terça-feira (15), o governo anunciou ter assinado um contrato de intenção de compra de 60 milhões de doses da vacina chinesa Convidecia, fabricada pelo laboratório CanSino, contra a covid-19.

Em maio, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recebeu o pedido de uso emergencial da vacina anticovid chinesa CanSino, produzida pela farmacêutica Belcher, representante do laboratório chinês CanSino Biologics no Brasil.

No mês de fevereiro, a farmacêutica anunciou que os testes clínicos detectaram uma eficácia de 65,7% contra todos os casos sintomáticos da covid-19, 28 dias após a aplicação da vacina. Nos casos graves, a eficácia é de 90,98%, quatro semanas depois de aplicada.

Acompanhe o Vacinômetro em tempo real:

 

 

 

 

 

Por

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *