Visita de Pompeo é mais um capítulo da aproximação Brasil-EUA

Visita de Pompeo é mais um capítulo da aproximação Brasil-EUA
Mads Claus Rasmussen/Ritzau Scanpix/via REUTERS – 22.7.2020

A visita do secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, ao Brasil nesta sexta-feira (18) é mais um capítulo do estreitamento dos laços diplomáticos Brasil-EUA que vem ocorrendo desde o início da gestão de Jair Bolsonaro. Durante o encontro, é esperado anúncio relacionado à Venezuela. 

A escolha do local da agenda, a fronteira entre o Brasil e a Venezuela, foi estratégica pelo governo americano. Em plena corrida eleitoral. Trump precisa conquistar o eleitor latino da Flórida, Estado considerado estratégico apara as eleições e que segundo as pesquisas segue com empate técnico entre o presidente americano e o democrata Joe Biden.

Com a visita de Pompeo, o governo Trump quer mostrar que ainda está empenhado em uma mudança de regime na Venezuela para um governo democrático. 

Já pelo lado brasileiro, o governo Bolsonaro pode se beneficiar da visita caso haja algum aceno sobre a política ambiental na Amazônia e agora sobre o Pantanal em chamas. Uma declaração de apoio à política ambiental de Bolsonaro o ajudaria também a reforçar o discurso que já foi gravado pelo presidente para a abertura da Assembleia Geral da ONU, e que será exibido na terça-feira (22). 

A questão ambiental tomou grande parte do discurso de Bolsonaro na abertura da assembleia no ano passado, e esse ano não deve ser diferente. Em 2019, o presidente  brasileiro também citou a Venezuela em seu discurso, apoiando o reestabelecimento da democracia e citando os EUA. “Trabalhamos com outros países, entre eles os EUA, para que a democracia seja restabelecida na Venezuela”.

O governo Bolsonaro tem promovido um alinhamento praticamente automático com os EUA, uma mudança grande na tradição diplomática brasileira, que até o governo Dilma manteve a tradição de optar pela neutralidade o que possibilitava o País de ser visto como um possível mediador de conflitos.

Por

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *